O Akita / Histórico da Raça

No inicio por volta do século XVII, os ancestrais do Akita que conhecemos hoje se diferenciavam em muito e eram denominados MATAGIS INU.

Viviam na província de Akita, em povoados das montanhas de difícil acesso, isso fez com que a raça se desenvolvesse e permanecesse pura. Era um cão de tamanho médio, compacto e poderoso usado na caça ao urso, veado e javali.

Por volta de 1868 às rinhas de cães se tornaram publicas e muito apreciadas pelos japoneses. Os Matagis Inus são um grande atrativo pelo tipo físico e temperamento, por esse motivo passaram a ser usados sem qualquer critério em cruzamentos com raças estrangeiras como:

Mastiffs;
Bulldog (antigo);
Dogue Alemão;
São Bernardo;

Nos cruzamentos também são usados os Tosas Inu, raça japonesa desenvolvida para as rinhas. Assim os Matagis ficaram maiores e perderam seu tipo. Os cães da província de Akita maiores e mais pesados que os Tosas na disputa em rinhas com os mesmos são considerados superiores. Em 1908 as rinhas são proibidas na região de Akita, mas continuam a existir.

A fundação AKIHO (Akita Inu Hozonkai) nasce em 1927 tendo como objetivo purificar os cães da província de Akita, sendo que o Matagi é tido como modelo. A idéia de purificação é reforçada quando em 1931 a raça é batizada de AKITA e se torna patrimônio natural japonês., ou seja, espécie digna de preservação. No ano seguinte (1932) um exemplar da raça de nome .HACHIKO. faz com queo Akita ganhe popularidade nacional.

Com a segunda guerra mundial (1939 à 1945) o trabalho de purificação fica suspenso. Muitos akitas são mortos, pois não era permitido ter cães que nãofosse Pastores Alemães, esses eram usados nos serviços militares. Muitos criadores de Akitas tentaram burlar a lei cruzando seus cães com Pastores.

Alguns desses mestiços foram vendidos para soldados Americanos, assim a raça foi introduzida naquele país. Enquanto os japoneses trabalhavam para conseguir purificar a raça e eliminar os resquícios de outras raças os americanos manteram aquele tipo que carregava o sangue de outras raças. Isso acabou por gerar outra raça, o Akita Americano.

Com o término da guerra, o trabalho de purificação foi retomado, os resultados há são visíveis a partir de 1960.

Hoje a raça já se encontra da forma que os japoneses trabalharam para conseguir, mas o trabalho não esta plenamente concluído, muitos fatores devem ser melhorados e muitos outros paises trabalham nesse  sentido.

 
Texto de Bruno Gomes Rodrigues - bru_grodrigues@hotmail.com

Veja também

Filhotes Disponíveis


Nossas Filiais


Hotelaria para Akitas


Blog Yucatán Br

MicroshipFarmina
#Siga-nos
  • Facebook
  • Youtube
  • Twitter
  • Pinterest

Rodovia Dom Pedro I - Igaratá - São Paulo - Brasil
Fones: +55 (11) 98535-4150 (TIM) / (11) 99520-5131 (VIVO) / Nextel ID: 117*30728
contato@akitainubrasil.com.br